Tabagismo

Tabagismo: como ele afeta a saúde do coração?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que um terço da população seja fumante. É um dado preocupante, tendo em vista os inúmeros malefícios que o cigarro causa para a saúde. Ainda de acordo com as estatísticas, o tabagismo é considerado a principal causa de mortes evitáveis no mundo.

Neste artigo, você vai saber mais sobre como esse problema pode afetar o coração.

Dependência e sintomas

O cigarro é formado por mais de 5 mil substâncias tóxicas, entre elas, as mais conhecidas: o alcatrão e a nicotina. Esta última é a substância responsável pela dependência dos pacientes. Ela atua no sistema nervoso central, provocando a sensação de bem-estar ao fumar. Nesse sentido, o estresse do dia a dia leva os indivíduos a utilizarem o cigarro como “válvula de escape” dos problemas e, consequentemente, sofram ao tentar interromper o seu uso.

É comum que, com o passar do tempo e o costume do corpo com a droga, a pessoa eleve a frequência e a quantidade de cigarros por dia. Outros sintomas recorrentes são:

  • irritabilidade, inquietude, ansiedade, alterações de humor ou apetite (aumento da fome e até mesmo consequente mudança no peso) quando o hábito é interrompido;
  • tentativas frequentes, porém mal-sucedidas de suspender o cigarro;
  • continuidade do hábito mesmo diante do diagnóstico de problemas de saúde.

Doenças causadas pelo tabagismo

Os males trazidos para a saúde são diversos, especialmente para órgãos como o pulmão e o coração, e são mais de 50 tipos de doenças associadas ao cigarro. Para se ter uma ideia, os fumantes têm 10 vezes mais chance de desenvolverem câncer de pulmão e cinco vezes mais risco de terem um infarto do que o restante da população.

A saúde cardiovascular é afetada devido a algumas ações do cigarro no organismo. Ele agride a parede das células que recobrem os vasos sanguíneos, deixando as artérias mais vulneráveis ao acúmulo de gordura e, consequentemente, à obstrução da circulação que pode levar ao infarto.

Além disso, há também prejuízos para o sistema de contração e relaxamento do coração, dificultando a passagem do sangue.

Tratamento do problema

Com tantos malefícios, parar de fumar é uma decisão essencial para a saúde. É compreensível, no entanto, que muitos pacientes vivam um grande desafio ao tentarem se livrar do cigarro. A crise de abstinência é o principal entrave, o que leva muitas pessoas a desistirem.

Hoje em dia, existem medicamentos que podem auxiliar nesse processo. Além disso, contar com uma rede de apoio da família e dos amigos também é fundamental. Afinal, o indivíduo terá de se readaptar a uma vida diferente, sem a presença do cigarro em diversas situações de sua rotina.

Se você está lutando contra o tabagismo, não hesite em procurar ajuda médica. Aliar o tratamento medicamentoso a um trabalho emocional e psicológico é a chave para atravessar os momentos iniciais mais complicados para abandonar a dependência e ter uma vida mais equilibrada e saudável.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cardiologista em Niterói!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe