Desmaio

Desmaio: entenda quais são as principais causas

É uma situação de fato desesperadora quando estamos próximos de alguém que sofre um desmaio. Na maioria das vezes, não sabemos o que fazer. No entanto, na área médica, ele é considerado um evento comum, que pode atingir pessoas idosas, portadores de doenças do coração e mulheres jovens.

O maior problema no caso de uma pessoa que sofre um desmaio, ou síncope, é que a queda em decorrência da perda da consciência pode causar traumatismos, fraturas e outras lesões. Principalmente no caso de pessoas com mais idade.

O que pode causar o desmaio?

O desmaio é a perda abrupta da consciência, causada, na maioria das vezes, por baixo fluxo sanguíneo no cérebro. Dessa forma, o indivíduo perde a força para continuar de pé. No entanto, a condição dura pouco tempo e, logo, a consciência é retomada e a pessoa consegue se levantar.

O desmaio pode ser desencadeado por uma série de fatores e não é considerado uma doença. No entanto, pode ser decorrente de alguma doença preexistente no organismo.

Entre as pessoas que podem sofrer desmaio, estão as portadoras dos seguintes quadros clínicos:

  • problemas cardiovasculares;
  • hipoglicemia;
  • anemia;
  • desidratação;
  • desequilíbrio de minerais no sangue;
  • uso de medicamentos diuréticos;
  • queda de pressão decorrente de mudança repentina de posição;
  • cansaço;
  • emoções fortes e repentinas;
  • calor intenso.

Como saber se alguém vai desmaiar?

Há alguns sintomas que podem indicar a possibilidade de uma síncope. Uma pessoa que está prestes a perder a consciência pode apresentar palidez, fraqueza, náusea, tontura, bem como pressão baixa.

Caso você tenha percebido que alguém vai desmaiar, tente oferecer ajuda para que a pessoa não caia. Procure um local onde ela possa ser colocada na posição sentada. Em seguida, peça que coloque a cabeça entre as pernas e respire profundamente até que o mal-estar passe.

Como ajudar?

Se a pessoa perdeu totalmente a consciência e caiu, deixe-a na posição horizontal, com o pescoço e cabeça mais baixos que o resto do corpo. Dessa forma, o fluxo sanguíneo normal do cérebro é restabelecido.

Após ela retomar a consciência, entretanto, não a deixe levantar sozinha. Coloque-a devagar sentada com o tronco na posição vertical e ofereça apoio e conforto. O máximo que deve ser ofertado nesse momento é água, chá ou água com açúcar. Nunca dê qualquer tipo de bebida alcoólica.

Depois de um desmaio, é importante verificar o porquê de ele ter acontecido. O indivíduo deve ser levado imediatamente após o evento a um pronto-socorro. Quando possível, deve-se procurar um médico para que possam ser realizados exames clínicos.

Mesmo que a consciência tenha sido retomada rapidamente, é preciso buscar por tratamento adequado.

O médico responsável por acompanhar definitivamente o caso pode fazer uma avaliação clínica do indivíduo e analisar seu histórico familiar de doenças. Diante disso, pode ser necessária a realização de exames específicos para que se chegue a um diagnóstico definitivo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cardiologista em Niterói!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe